Cresce o número de turistas que procuram campings

Foto: Aldeia Maracajau Camping

Segundo o Ministério do Turismo, o número de turistas que procuram hospedagens alternativas como hostels e campings tem crescido muito no país. Só entre os turistas estrangeiros, mais de 300 mil procuraram por hospedagem em camping em 2015, valorizando um contato e uma maior integração com a natureza e o turismo ecológico.

O Brasil possui hoje, pouco mais que 40 acampamentos turísticos cadastrados no Cadastur, setor do Ministério responsável pelo cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam neste segmento do turismo. Estima-se que o número real de campings espalhados por esse nosso país seja muito maior do que isso, e que por falta de um estudo um pouco mais detalhado não podemos ter uma idéia certeira do real potencial deste mercado. 

a-celebration-of-life-in-loving-memory-of-1

A coordenadora do Cadastur, Tamara Galvão, explica que “a opção pelo camping atrai muitos turistas que buscam por uma hospedagem fora do convencional, mas para que o viajante tenha uma maior segurança nesta escolha, é necessário observar se o local escolhido esta no cadastro do Ministério do Turismo”. Os números mostram que a experiência de acampar só tende a crescer, pois é algo que lhe traz grande mobilidade, flexibilidade, além de permitir uma maior socialização entre as pessoas, pois esses relacionamentos interpessoais são uma característica inata na prática do campismo, algo que dificilmente é vivenciado em quartos de hotéis.

Para complementar esta linha de raciocínio, o Ministério do Turismo fez uma pesquisa de intenção de viagem para os próximos 6 meses, e o resultado foi publicado em boletim. De acordo com a pesquisa, 11,2% dos brasileiros que planejam viajar nos próximos seis meses já demonstram preferências por hospedagens alternativas, como o camping por exemplo.

Referência: www.turismo.gov.br

 

SIGA NOS NAS REDES SOCIAS

FACEBOOK, INSTAGRAM E TWITTER

Deixe uma resposta