Que tal Acampar vizinho às ruínas de um Castelo?

Acampando Vizinho a um Castelo

Sim! dá pra fazer! É aqui no Brasil, E o Acampe explica onde!


O Castelo Dias D’avila está localizado na Vila da Praia do Forte, município de Mata do São João-BA, próximo à capital Salvador. Trata-se de uma construção antiga, que foi iniciada em 1551 e finalizada somente em 1624. As ruínas do monumento são, provavelmente, umas das mais antigas construções portuguesa no Brasil e fazem parte de uma das principais atrações turísticas da Praia do Forte. O responsável pela construção do castelo foi o agricultor Dias D’avila, um amigo próximo do famoso comendador português Tomé de Souza. A torre do castelo foi construída em um estilo de arquitetura medieval e servia como um posto de observação estratégica com vista para o mar. De lá, era possível avistar os navios que vinham em direção à praia muito antes da sua chegada, o que gerava tempo para preparar uma reação antes de qualquer invasão.

Castelo Garcia D'àvila
Castelo Garcia D’àvila

O complexo do Castelo, ainda conta com uma capela antiga, restaurada; área de escavação e exposição de objetos de cerâmica da época, plataformas por onde os visitantes podem andar e ter acesso as várias áreas por dentro das ruínas, e uma gigantesca árvore secular na entrada do monumento.
Mas onde montar sua barraca?
O Camping Reserva da Sapiranga está localizado na região da própria reserva, onde está também o Castelo, 5 minutos andando já é suficiente para ir do camping ao monumento. A estrutura do local conta com cozinha, banheiros, mini trailler, e uma extensa área totalmente arborizada (pois é dentro da reserva) para você montar sua barraca. Além de conhecer o castelo, há muito o que se fazer na Praia do Forte, e o Acampe resume isso para você:

Reserva Sapiranga

Ainda próximo a região do camping, conhecer a reserva e seus encantos é uma boa pedida. O local tem como características a vegetação de Mata Atlântica, com uma flora e fauna de exuberância ímpar, sendo uma região que serve como refúgio de espécies nativas, arvores pioneiras de médio e grande porte e animais em extinção. Você anda pode conhecer a sede do projeto, visitar e conhecer as serpentes que lá se encontram, e até tocar nelas. O local possui trilhas, onde o visitante pode ir até as corredeiras (não é permitido o banho nesta parte do riacho pois as águas são violentas), praticar uma tirolesa incrível que cruza as margens do rio, e muito mais.

dscf1324
Tirolesa da Reserva Sapiranga

Vila Praia do Forte

A Vila está localizada a 4km de onde está o camping. Era um local construído por pescadores da região, que era a base da economia. Entretanto, ao longo dos anos muita coisa mudou, e a maior atividade econômica praticada na vila é o turismo. Lá o visitante encontra uma ampla estrutura de bares, restaurantes, pousadas, hotéis, ruas charmosas e temáticas, supermercados, agências de turismo, bancos, lojas de artesanato e muito mais. O passeio pelas vielas do local tem um sabor temático e especial, culminando com uma caminhada à praia.

Carnaval na Vila
Carnaval na Vila

Praias

São mais de 10 km de praias para o campista aproveitar! A mais movimenta delas é a Praia do Porto, que é onde se encontra a Vila. O local possui restaurantes e bares para o pronto atendimento ao turista. Mas se você é igual a nós, prefere um local um pouco mais distante e tranquilo, pode ir em direção ao norte, até a região onde ficam as piscinas naturais, e se deliciar em um banho de águas mornas e cristalinas que são a características da região.

piscinas naturais
piscinas naturais

Instituto Baleia Jubarte

Instituição que luta pela preservação das baleias jubartes, que durante uma determinada época do ano visitam as praias da região, atrás das águas mornas favoráveis a reprodução. O instituto atua no sentido de sensibilização da opinião pública contra o retorno à caça comercial das baleias, visando a geração de benefícios ambientais como um todo, promovendo atividades de conscientização e cultura.
Se tiver tempo, e um dinheirinho extra, você pode ter a experiencia de fazer observação de baleias, atividade promovida tanto no instituto, como nas agências de turismo que operam na região e tem autorização para tal.

Instituto Baleia Jubarte
Instituto Baleia Jubarte

Projeto Tamar

A vila hospeda uma base do Projeto Tamar, que também atua na questão ambiental, especificamente na preservação das tartarugas marinhas. No local o visitante poderá conhecer e aprender não somente sobre as tartarugas, como também outros animais da fauna marinha. Existem tanques com exemplares de diferentes espécies de tartarugas e peixes, bem como cinema, multimídia, exposição de fotos e atividades culturais e ambientais.

Acampar é um estilo de vida!

Deixe uma resposta